quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Notas de BONO - Assunção de Cargo de Cargo do CEFAN - CORRIDA da PAZ

COMANDO-GERAL DO CORPO DE FUZILEIROS NAVAIS

   - Assunção  de  Cargo  –  Cerimônia  de  Transmissão  de  Cargo  de  Presidente  da Comissão de Desportos da Marinha (CDM) e de Comandante do Centro de Educação Física  Almirante  Adalberto  Nunes  (CEFAN),  dia  27FEV2015,  às  18h.  Assume, interinamente,  o  Capitão-de-Mar-e-Guerra  (FN)  CARLOS  CHAGAS  VIANNA  BRAGA. Local: Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes. Uniforme 5.3.

   - Corrida da Paz ("CISM Day Run") - 2015 – Está confirmada para o próximo dia 01MAR2015, nas áreas de todos os Distritos Navais, a Corrida da Paz-2015. Trata-se  de  um  evento  com  abrangência  mundial,  criado  pelo  Conselho Internacional  do  Esporte  Militar  (CISM)  e  que  consiste  em  uma  jornada esportiva  de  corrida  e/ou  caminhada,  com  a  intenção de  promover  a  prática esportiva no âmbito das Forças Armadas e assim contribuir para a Paz Mundial.
   Convido  a  Família  Naval  a  participar  das  corridas/caminhadas  nas  diversas localidades,  abrilhantando  com  as  suas  presenças  este  dia  tão  significativo para os militares de todo o mundo. Vale destacar que será mais uma excelente oportunidade  para  fortalecer  a  integração  da  Marinha  do  Brasil  com  a sociedade brasileira.
   Particularmente,  na  Área  do  Rio  de  Janeiro,  o  evento  coordenado  pela Comissão  de  Desportos  da  Marinha  (CDM)  será  uma  caminhada,  que  ocorrerá  no Aterro  do  Flamengo,  com  largada  prevista  para  9h.  A concentração  ocorrerá  a partir  das  8h,  no  estacionamento  do  Restaurante  Porcão  Rio's.  O estacionamento  na  Churrascaria  Porcão  Rio's  só  será permitido  para  viaturas oficiais. É recomendável o uso de transporte público.

   O  evento  marca  o  67º  aniversário  do  Conselho  Internacional  do  Esporte Militar (CISM) que, por isso, convida a todos os militares e seus familiares a participar.
Extrato do BONO Nº 126 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2015.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

A Carreira do Oficial do Quadro Complementar


O Quadro complementar da Marinha do Brasil é formado por oficiais de carreira que ingressam na Marinha com formação em nível superior completo para exercerem diversas funções nas áreas operativa e administrativa.

Há se eu te pego guria!

Eu TCHÊ amo GURIA...
Poesia de Gilberto Chaves Tchê
É um tipo de amor XUCRO... 
Desses que não tem EXPLICAÇÃO...
Que o PIÃO da um tapa na orelha da PRENDA... 
E joga a coitada no chão...
Depois se rolam nos PELEGOS...
Fazendo AMOR cheio de emoção...
E os dois se abraçam e gritam numa só voz...
Aqui não tem essa de 50 tons de cinza... 
É só poeira de galpão...
E fazer amor desse jeito XUCRO aqui no PAMPA... 
É louco de bom!!!!!
Viva o Rio Grande!!!!!
.*.
HOMENAGEM: Ao TIO NANATO cantor e compositor do Rio Grande..
E ao saudoso IVAN MACHADO que aparece no fundo desta foto...
Foi secretario da cultura no RIO de JANEIRO no governo BRIZOLA...
E fundou a ASSOCIAÇÃO dos MULEIROS da SERRA...

Marinha vai investigar fotos de supostos militares fazendo sexo dentro de unidade da corporação

As fotos envolveriam uma cabo enfermeira e um sargento da Marinha
As fotos envolveriam uma cabo enfermeira e um sargento da Marinha Foto: Reprodução
O Comando do 1º Distrito Naval da Marinha do Brasil informou, na noite de sexta-feira, que vai abrir um processo administrativo para apurar as circunstâncias em torno de fotos que têm circulado pelas redes sociais e mostrariam dois militares mantendo relações sexuais no interior de uma unidade da corporação. As imagens, que foram enviadas pelo WhatsApp do EXTRA (21 99644-1263 e 21 99809-9952), teriam sido registradas no fim do ano passado, mas só ganharam mais repercussão recentemente.
De acordo com os testemunhos feitos ao EXTRA, os diversos cliques — que chegam a trazer cenas explícitas — ocorreram dentro do Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), num espaço que abriga uma academia. A unidade militar fica na Ilha das Enxadas, na Baía de Guanabara, próximo à Ponte Rio-Niterói, que separa os dois municípios.
Ainda segundo esses relatos, a mulher que aparece nas fotos é uma cabo enfermeira. Em parte das imagens, ela veste a camisa de uma equipe de remo da Marinha. O rapaz, por sua vez, seria um sargento recém-ingressado na Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM). A corporação comunicou que, se os fatos se confirmarem, “serão tratados com todo o rigor que o caso requer”.
Veja, abaixo, a íntegra da nota enviada pela Marinha:
“A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando do 1º Distrito Naval, informa que tomou conhecimento, no dia de hoje, da existência de fotografias supostamente envolvendo militares em atos libidinosos, no interior das dependências de uma Organização Militar da Força.

Em observação às normas legais, a MB instaurou o competente processo administrativo para apurar tais fatos, que, uma vez confirmados, serão tratados com todo o rigor que o caso requer.”

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Explosão na Ilha do Boqueirão, Rio de Janeiro, 16 de julho de 1995

Do Blog:
Assisti a esse triste  episódio do Corredor Esportivo no Moneró na Ilha do Governador, na época eu servia na Base de Fuzileiros Navais da Ilha do Governador - BFNIG (Antigo Batalhão de Serviços), o quartel mais próximo da Ilha do Boqueirão, que sofreu muitas avarias! Graças a Deus era um feriado (se não me falha a memória um domingo), tinha poucos militares a bordo, praticamente, a divisão de serviços.
Lucio Lucena.


Reportagens do RJTV e do Jornal Nacional, no dia do acidente, sobre a explosão no depósito de munição da Marinha na Ilha do Boqueirão, vizinha à Ilha do Governador, causando pânico e estilhaçando vidraças em diversos bairros do Rio de Janeiro num raio de 20 Km de distância.

IMPOSTO DE RENDA 2015 - Nota de BONO

PAGADORIA DE PESSOAL DA MARINHA
     IMPOSTO  DE  RENDA  –  Comprovante  de  Rendimentos  Pagos e  de  Retenção na Fonte  –  Ano  Base  2014  
     –  Estão  sendo  distribuídos  os comprovantes  de rendimentos  pagos  e  de  retenção  na  fonte,  ano  base  2014,  para  fim  de Declaração de Imposto de Renda. Conforme determinado pela Receita Federal do Brasil (RFB), este comprovante foi emitido em uma única via e em moeda Real.
     Os  comprovantes  dos  militares  ativos  e  dos  TTC  foram  direcionados  para as  Organizações  Centralizadoras  (OC)  que  receberão  o  BP  do  mês  de  FEV2015.

     Os  militares  inativos  e  pensionistas  receberão  seus comprovantes  pelo  Banco ou em suas residências, conforme o domicílio registrado no BP de FEV2015. Solicita-se  que  as  Organizações  Militares  de  Apoio  e  Contato  (OMAC) efetuem  ampla  divulgação  dessa  distribuição  em  suas regiões.  As  OC  onde ocorreu movimentação de pessoal, a partir de FEV2015, deverão redirecionar o comprovante para a OM que o militar movimentado foi designado para servir. A fim de dirimir possíveis dúvidas, geradas por ocasião do preenchimento da  Declaração  de  Ajuste  Anual  do  Imposto  sobre  a  Renda  -  Pessoa  Física (DIRPF),  destacam-se  abaixo  os  principais  tópicos  passíveis  de questionamento:
   Click  AQUI e veja no BONO Nº 122 DE 24 DE FEVEREIRO DE 2015
   Por Lucio Lucena Diretor de Comunicação da AVCFN e Editor do Blog

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

WhatsApp atualizado para permitir chamadas de voz

WhatsApp finalmente é atualizado para permitir chamadas de voz
tela-do-zapzap-para-android-desenvolvedor-diz-que-aplicativo-e-uma-versao-modificada-do-telegram-1401219509158_300x300
O WhatsApp finalmente é atualizado para permitir chamadas de voz. Mas a nova versão do aplicativo (2.11.528 ou superior) não ativa a chamada de voz automaticamente. O usuário precisa receber uma chamada de alguém com o recurso já ativo. Ainda são poucos os que têm acesso à novidade.O novo recurso incorpora à interface do Whatsapp, além da opção de realizar chamadas, a opção de conferir chamadas não atendidas, discadas e recebidas. Quando o usuário tiver uma chamada não atendida, poderá retornar ou enviar uma mensagem clicando na notificação.

AVCFN/SR/POA Participa Passagem de Comdo GptFNRG

   Associação de Veteranos do Corpo de Fuzileiros Navais Seção Regional Porto Alegre - AVCFN/SR/POA, participa da Passagem de Comando do Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio Grande - GptFNRG.

Em cerimônia pr
esidida pelo V.Alte. Leonardo Puntel Comandante do 5º Distrito Naval, foi realizada em 04 fevereiro a cerimônia de transmissão de cargo de Comandante do GPTFNRG, transmitiu o cargo o CF -Marcelo G. Palma ao CF-Paulo Cezar Galdino  de Souza.

   Diversas autoridades civis e militares participaram do evento, bem como uma Comitiva da AVCFN-SR-Porto Alegre chefiada pelo CMG -Lucio Braga. Veteranos da AMIRCAM se juntaram aos demais da Comitiva da AVCFN por ocasião da cerimônia e desfile em continência ao Novo Comandante comandados pelo Presidente da AVCFN-SR-Porto Alegre, Veterano Bottaro.
   Após a cerimônia os convidados participaram de um coquetel de confraternização.
Ao CF Galdino nossos cumprimentos e os votos de sucesso nesse novo desafio.

Texto e fotos: Sergio Bottaro - Presidente da AVCFN/SR/Porto Alegre.

     Por Lucio Lucena Diretor de Comunicação da AVCFN e Editor do Blog. 


     Visite o site www.avcfn.com.br  para saber mais sobre nossas atividades. 
Tel: 21-21265107/22333162 e 22531170

Informações sobre PASEP

O que é o PASEP?
O Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público – Pasepé um programa criado pelo
Governo Federal em 1970 para propiciar aos servidores públicos civis e militares a participação na
receita  das  entidades  integrantes,  que  contribuem  com  um  percentual  que  forma  o  Fundo  de
Participação PIS-Pasep.
Após 1988, os recursos do Pasep também se destinam ao pagamento do abono salarial e do segurodesemprego, como também um percentual é destinado à fomentação do setor de emprego e renda
em forma de empréstimos e financeiros concedidos por instituições financeiras oficiais.
Quem participa do Pasep?
São participantes do Pasep todos os servidores em atividade, civis e militares, cadastrados no
Programa.
O que é abono salarial?
É o pagamento de um salário-mínimoanual ao trabalhador que possui o direito.
Quem tem direito ao abono salarial?
Tem direito ao abono de um salário-mínimo, o participante que atenda a todas as condições abaixo:
• esteja cadastrado no Pasep há pelo menos cinco anos;
• tenha ganho, no ano base de referência, média mensal de até 2  salários-mínimos(soma das
remunerações auferidas e informadas por um ou mais empregadores);
• tenha trabalhado no mínimo 30 dias no ano-basede referência;
• seja informado corretamente no Relatório Anual de Informações Sociais – RAIS – do anobase em referência. (Para informações sobre  a RAIS, consulte o site do Ministério do
Trabalho e Emprego www.mte.gov.br).
Quem tem direito ao saque total do saldo da Conta Pasep?
Os participantes cadastrados até 1988 que tenham saldo em 30/06 do ano anterior.
Motivos que permitem o saque total:
• aposentadoria;
• 70 anos completos;
• invalidez permanente;
• reforma militar ou transferência para a reserva remunerada;
• neoplasia maligna (Câncer) do titular ou de seus dependentes;
• portador do vírus HIV (AIDS);
• amparo social ao idoso, concedido pelo INSS;
• amparo assistencial a portadores de deficiência, concedido pelo INSS;
• falecimento.
Quem tem direito a retirada anual de rendimentos?
Todo participante, cadastrado até 1988, com saldo em conta em 30/06 do ano anterior, que não se
enquadre nas condições que permitem o saque do abono. Não havendo saque, os rendimentos serão
incorporados ao saldo da conta e atualizados monetariamente.
As retiradas dos rendimentos podem ser feitas durante o exercício todo, de acordo com o calendário
de pagamentos aprovado pelos Ministérios da Fazenda e do Trabalho e Emprego.
Quem não tem direito a rendimentos?
Os servidores que efetuaram saque total após 1988 ou foram cadastrados após 05/10/1988, não
possuem  saldo  e,  consequentemente,  não  tem  direito  a  rendimentos.  Isso  aconteceu  porque  a
Constituição da República, promulgada em 05de outubro de 1988, encerrou a distribuição de cotas
aos participantes do Pasep, determinando que os valores arrecadados fossem direcionados ao FAT –
Fundo de Amparo ao Trabalhador.
Comprovante de inscrição:
Poderá ser solicitado em qualquer agência do Banco do Brasil. O extrato do Pasep substitui a 2ª via
do Comprovante de Inscrição.
Os dados devem ser atualizados pelo órgão ou empresa em que o servidor trabalha.
Como é atualizado o saldo da Conta Pasep?
O saldo é atualizado uma vez por ano, através do crédito de atualização monetária dos juros e do
resultado líquido adicional das operações (empréstimos efetuados pelo BB através de linhas de
créditos especiais), calculados sobre o saldo existente na conta Pasep do participante, em 30 de
junho. O índice dessa atualização é definido anualmente pelo Conselho Diretor do Fundo PIS-Pasep, subordinado ao Ministério da Fazenda.
Por Lucio Lucena Diretor de Comunicação da AVCFN e Editor do Blog

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Atividades da AVCFN Seção Regional de Natal RN

SE LIGA VETERANO!
Veteranos da SR Natal
Se liga Veteranos da Associação de Veteranos do Corpo de Fuzileiros Navais Seção Regional de Natal - AVCFN/SR/Na. Na próxima sexta feira dia 27/FEV, ultima do més, terá inicio os trabalhos naquela Seção Regional com a 1° reunião do ano. Logo após, haverá a tradicional confraternização ao som de uma boa música e regada com muita cerveja gelada, além dos tradicionais dedinhos de prosas entre os campanhas. 
Relembra-se também que no dia 7 de março, haverá o passeio para Barra de Cunhaú em comemoração ao aniversário do Corpo de Fuzileiros Navais.
 A Sede fica localizada na Vila Naval do Alecrim em Natal RN.
Turma de 1971 do GptFNNatal por ocasião do 1º encontro na Sede da AVCFN/SR/Natal

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Dono de construtora diz que empreiteira financiou com dinheiro desviado da Petrobrás campanhas de Wagner ao governo da Bahia.


   O engenheiro baiano Ricardo Pessoa, dono da construtora UTC e coordenador do cartel de empreiteiras no esquema de corrupção da Petrobras, fez chegar à VEJA um resumo do que está pronto a revelar à Justiça caso seu pedido de delação premiada seja aceito.
Entre outras falcatruas, Pessoa afirma que a UTC financiou clandestinamente as campanhas de Jaques Wagner ao governo da Bahia em 2006 e 2010.
   Jaques Wagner é o atual Ministro da Defesa e homem de confiança de Dilma Rousseff.
   Com informações da Revista Veja
   Fonte: montedo.com

Concurso para Fuzileiros Navais - Edital de Convocação

INSCRIÇÕES de 2 a 30 de MARÇO de 2015
   Foi publicado o no diário oficial da União DOU Nº 34 de 20 DE JANEIRO DE 2015 o Edital de convocação para o Concurso de Admissão às Turmas I e II/2016 do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais (C-FSD-FN). São 1.860 vagas para pessoas do sexo masculino. Durante o curso, o RC-FN perceberá o valor, aproximado, de R$ 642,00 (seiscentos e quarenta e dois reais) por mês, como ajuda de custo para suas despesas pessoais. Mediante a aprovação no CFSD-FN, o RC-FN será nomeado Soldado Fuzileiro Naval (SD-FN), quando passará a perceber a remuneração inicial da ordem de R$ 1.587,00 (hum mil, quinhentos e oitenta e sete reais).
   De acordo com o Edital,  as vagas, nos Órgãos de Formação, serão distribuídas da seguinte maneira: Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves – CIAMPA: 1620 vagas destinadas, preferencialmente, aos candidatos das regiões SUL e SUDESTE do Brasil, obedecendo a ordem de classificação; e Centro de Instrução e Adestramento de Brasília - CIAB: 240 vagas destinadas, preferencialmente, aos candidatos das regiões NORTE, NORDESTE e CENTRO-OESTE do Brasil, obedecendo a ordem de classificação no concurso.

   As inscrições serão efetuadas pela internet ou nos postos de inscrição no período de 2 a 30 de março de 2015, e, as provas serão realizadas no dia 26 de maio do mesmo ano.
Por Por Lucio Lucena Diretor de Comunicação da AVCFN e Editor do Blog.

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU...

Abertura das postagens de hoje.
Vamos orar meditando sem pressa e oferecer aos companheiros que se encontram baixados nos hospitais? Que tal? Não sabemos o dia de amanhã! Poderá ser um de nós...
QUE ASSIM SEJA... !

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Dilma afirma que corrupção na Petrobras deveria ter sido punida na época do governo FHC

Dilma afirma que corrupção na Petrobras deveria ter sido punida na época do governo FHC
Brasil Post | De Grasielle Castro
DILMA E FERNANDO HENRIQUE CARDOSO

A presidente Dilma Rousseff resolveu rebater nesta sexta-feira (20) as críticas sobre o escândalo de corrupção na Petrobras e o colocou na conta do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). Em entrevista coletiva, ela disse que se os atos tivessem sido investigados na década de 1990, o esquema não teria se propagado.
"Se em 1996 e 1997 tivessem investigado e tivessem naquele momento punido, nós não teríamos o caso desse funcionário da Petrobras que ficou durante mais de 20 anos praticando atos de corrupção", disse, segundo o site G1.
Embora não tenha citado nomes, a presidente se referiu ao depoimento do executivo da Toyo Setal Augusto Mendonça à Justiça. Ele disse, em juízo, que o resultado das licitações passou a ser combinado pelo clube de empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato em meados dos anos 1990, quando o país era governado por FHC.
Aos jornalistas, a presidente voltou a defender a punição dos responsáveis pelas irregularidades na empresa, mas enfatizou que as investigações não devem interferir nas obras de infraestrutura do país.
"Isso não significa, de maneira alguma, ser conivente, ou apoiar, ou impedir qualquer investigação ou qualquer punição a quem quer que seja, doa a quem doer."
Imposto de renda
O governo federal segue firme na decisão de corrigir a tabela do imposto de renda este ano em 4,5%. No início do ano, ela vetou o texto do Congresso Nacional que passava o percentual para 6,5%. "Nós não estamos vetando porque queremos. Estamos vetando porque não cabe no Orçamento. Nunca escondemos que era 4,5%", enfatizou a presidente.
Com o reajuste proposto pela chefe do Executivo, o teto da isenção vai de R$ 1.787,77 para R$ 1.868,22 por mês. Pela correção proposta pelo Congresso, passaria para R$ 1.903,99.
Fonte: BRASIL POST
Do blog:
Agora deu cachorro em 18... Entenda esse balaio de gato! Daqui a pouco o culpado sou eu...

Segunda Guerra Mundial: memórias de um combatente gaúcho.

Veterano rememorou os 70 anos da tomada de Monte Castelo, a mais significativa da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Itália
Memórias de um combatente gaúcho Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Major reformado Rubem Barbosa ingressou de jipe no Museu do Comando Militar do SulFoto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS
Humberto Trezzi
A entrada em cena foi épica, digna das homenagens a ele prestadas. O major reformado Rubem Barbosa ingressou de jipe no Museu do Comando Militar do Sul - não um veículo qualquer, mas um Willys da II Guerra Mundial, igual aos que ele tripulou em 1945. Um dos raros veteranos da Força Expedicionária Brasileira (FEB) ainda vivos e lúcidos, o oficial porto-alegrense compareceu à sede do Exército para rememorar a tomada de Monte Castelo. Essa montanha, situada no norte da Itália, só foi capturada após quatro incursões dos brasileiros, que expulsaram dali os militares alemães, abrindo caminho para consolidar a tomada de todo o território italiano pelos Aliados.
A palestra, conferida em meio a armas da II Guerra e cartazes com fotos da época, ocorreu porque a tomada de Monte Castelo completa 70 anos neste 21 de fevereiro. E Rubem Barbosa, 89 anos, tem ainda nítida a memória daquela epopeia. Foram três meses de tentativas brasileiras de tomar as posições fortificadas dos alemães, montanha acima e sob nevasca.
O major Rubem, na época cabo, era sapador (especialista em localizar e desmontar minas explosivas). Fazia o serviço nos intervalos dos bombardeios - os alemães, encastelados nos morros com canhões de 88 mm e morteiros, faziam uma barragem cerrada de tiros contra o avanço brasileiro. Pior: 90% dos tiros eram dados à noite, o que dificulta a localização dos soldados inimigos.
— A cada explosão o joelho do sujeito tremia. Quem disser o contrário tá mentindo, a gente tem medo, claro...o próximo a morrer poderia ser eu - recorda Rubem, com sinceridade.
Rubem era seminarista quando se alistou no Exército, aos 17 anos. Não foi por vontade, mas porque era obrigatório. "Até padre servia, o país estava em guerra", ressalta. Natural de Porto Alegre, ele cursava o seminário de Gravataí, velho sonho da mãe, que já tinha outro filho padre. Era, também, coroinha na Igreja Nossa Senhora dos Navegantes. Quando começava a nascer barba, foi encaminhado ao quartel, preencheu os papéis e trocou a batina (que já usava) pelo uniforme verde-oliva. Fez um treinamento rápido como soldado em São Leopoldo, no 8º Batalhão de Caçadores (atual 19º Batalhão de Infantaria) e depois foi para o Rio de Janeiro, de navio. Lá fez curso de cabo e pegou outro navio, maior, para a Europa. Lembra bem da escolta da marinha inglesa a partir do rochedo de Gibraltar, até Nápoles (Itália), onde os pracinhas brasileiros desembarcaram após 13 dias de mar e enjoos.

Era dezembro e Rubem foi enviado a Roma para fazer curso de sapador (sabotagem e contra-sabotagem) com o Exército norte-americano.
Coronéis e generais fizeram fila para cumprimentar o ex-pracinha
Foto: Ronaldo Bernardi
Fonte: montedo.com Continue lendo AQUI

Bolsonaro diz que Maria do Rosário moveu ação contra ele por 'birra'


Pouco mais de dois meses após dizer que não estupraria sua colega Maria do Rosário (PT-RS) porque ela "não merece", o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) afirmou que a petista moveu ação contra ele no Supremo Tribunal Federal (STF) por "birra" e "posições políticas contrárias".
"Como já amplamente demonstrado, na realidade, a querelante (Maria do Rosário), por birra em virtude das posições políticas contrárias (às) do querelado, traz ao Poder Judiciário problema que poderia ser resolvido na esfera do próprio Legislativo, fórum mais adequado para apurar a veracidade dos fatos narrados por ambas as partes", diz a petição assinada pela advogada Lygia Regina de Oliveira Martan.
A ex-ministra de Direitos Humanos apresentou queixa-crime no Supremo acusando Bolsonaro de cometer crimes de calúnia e injúria. A vice-procuradora-geral da República, Ela Wiecko, denunciou o deputado por incitação ao estupro. Em sua defesa apresentada na última quarta-feira (18), Bolsonaro nega as acusações. O relator do caso é o ministro Luiz Fux.
Bolsonaro alega em sua defesa que "tem mãe, esposa, filha, três irmãs, sobrinhas, primas e inúmeras amigas" e, por isso, "jamais agrediria alguém pelo fato de ser mulher".
No dia 9 de dezembro de 2014, Bolsonaro atacou Rosário após ela defender, em discurso, a Comissão da Verdade, que investiga crimes durante a ditadura militar. "Não saia, não, Maria do Rosário, fique aí. Fique aí, Maria do Rosário. Há poucos dias você me chamou de estuprador no Salão Verde e eu falei que eu não estuprava você porque você não merece. Fique aqui para ouvir", disse o deputado, em alusão a um bate-boca entre os dois ocorrido em 2003. Na ocasião, Rosário disse que Bolsonaro era "responsável por estupro".
Na defesa, Bolsonaro ainda justifica uma entrevista que deu ao jornal "Zero Hora" em que diz que "Ela (Maria do Rosário) não merece (ser estuprada) porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia. Não faz meu gênero. Jamais a estupraria". 
"Os termos 'ruim', 'muito feia' e 'não faz meu gênero' não podem ser considerados ofensivos. Ou será que temos que achar que todos são bons, bonitos e que fazem nosso gênero?", argumenta o deputado. "Beleza, bondade, simpatia, admiração e tantos outros conceitos são pessoais. O fato de alguém achar outrem feio não pode ser considerado ofensivo a ponto de caracterizar o crime de injúria", diz o texto da defesa.
Para Bolsonaro, ele não está sujeito à punição por ter falado como parlamentar e, assim, estar protegido pela imunidade constitucional. "A liberdade de opiniões dos parlamentares por sua condição de representantes de seguimentos do povo tem que ser garantida pelo Poder Judiciário, sob pena de se inibir aqueles que têm pensamentos diferentes de quem lhes vai julgar", afirma na defesa.

"Não há como considerar expressões eventualmente insultosas proferidas em clima de debate e no exercício do direito de crítica ou censura profissional, ainda que veementes, com determinantes para caracterização de crimes contra a honra", afirmou.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Senadores defendem derrubada do veto de Dilma à correção de 6,5% do IR

Debate foi iniciado por Reguffe (PDT-DF); votação está marcada para a próxima terça-feira
POR CRISTIANE JUNGBLUT
19/02/2015 6:00 / ATUALIZADO 19/02/2015 8:03


José Antônio Reguffe, o deputado mais votado no Distrito Federal - Andre Coelho / Agência O Globo

BRASÍLIA - Numa demonstração de que o Palácio do Planalto enfrenta dificuldades no Congresso e que são grandes as chances de ser derrotado na próxima semana, senadores de diferentes partidos defenderam nesta quarta-feira, na sessão do Senado, a derrubada do veto da presidente Dilma Rousseff à correção de 6,5% da tabela do Imposto de Renda (IR) na fonte em 2015. O líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), disse que ele e os senadores do partido votarão para derrubar o veto. Até mesmo o senador petista Paulo Paim (RS) defendeu a correção de 6,5%, afirmando que o voto será aberto e quem, por isso, ficará mais fácil a derrubada do veto presidencial.


O debate foi iniciado pelo senador José Antônio Reguffe (PDT-DF), que pediu que o Congresso derrube o veto na votação marcada para a próxima terça-feira (dia 24).

- Tenho certeza de que o voto de toda a bancada do PSDB no Congresso Nacional, na Câmara e Senado, será, naturalmente, pela derrubada do veto presidencial, para não penalizar ainda mais o contribuinte brasileiro. O Governo provocou a doença fiscal que o País vive hoje e chama o contribuinte para tomar o remédio pagando mais impostos. Isso não está correto, isso não está justo. Estaremos juntos, senador Reguffe - disse Cássio Cunha Lima.

O líder do PSDB disse que a carga tributária aumentou e que até mesmo parte da base aliada é a favor da correção de 6,5% e quer derrubar o veto de Dilma. A correção de 6,5% foi aprovada pelo Congresso no final de 2014 pela Câmara e pelo Senado, por iniciativa do DEM, que incluiu a proposta numa Medida Provisória enviada pelo governo. Em 19 de janeiro, a presidente Dilma vetou a proposta e prometeu enviar nova MP com correção de 4,5%, o que não fez até hoje. Na semana passada, o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deu um aviso a Dilma: que sem uma proposta alternativa para o IR, o veto seria derrubado e ela seria derrotada.

AGRADO AO MOVIMENTO SINDICAL

Sabendo das dificuldades, há integrantes dentro do Palácio do Planalto defendendo que Dilma aceita a correção de 6,5%. A proposta evitaria uma derrota política no Congresso e agradaria o movimento sindical, como antecipou O GLOBO na edição do último dia 17.

- Acredito que parte da base quer derrubar o veto, ainda mais com o voto aberto - disse Cássio Cunha Lima, lembrando que as regras para votar os vetos presidenciais mudaram na semana passada.

Primeiro a tratar do assunto na sessão de ontem, em plena Quarta-Feira de Cinzas, Reguffe lembrou que Dilma nem mesmo cumpriu a promessa de corrigir a tabela do IR e, 4,5%.

- Quero defender a derrubada desse veto, dizer que meu voto será pela derrubada do veto e dizer que a recuperação do poder aquisitivo do brasileiro deveria ser um compromisso de todos aqueles que têm responsabilidade pública - disse Reguffe.

O senador Paulo Paim disse que a votação aberta vai exigir que os parlamentares tenham uma postura de coerência: para ele, quem votou a favor da correção de 6,5%, deve derrubar o veto.

- E esse momento vai ser um momento decisivo para que a gente tire essa dúvida, porque todos votamos aqui a tabela do Imposto de Renda no voto aberto. Agora, como o voto não é secreto, vai dar para mostrar quem está sendo coerente com o seu próprio voto, com a sua história e com a sua vida. Não é questão de ser conta ou a favor do governo: votou a favor (dos 6,5%), na apreciação do veto, se não é secreto, por coerência, deverá acompanhar a mesma posição (a favor dos 6,5%) - disse Paim.

- Não é um tema partidário, é um tema de interesse da classe trabalhadora - acrescentou Ana Amélia (PP-RS).

Mais diplomático, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) disse que era preciso discutir a deerubada do veto, mas tentar uma negociação com o governo diante do problema do ajuste fiscal.
Fonte: globo.com

A conquista do topo do Brasil.

Militares vencem obstáculos da selva para trocar a bandeira nacional no ponto mais alto do Brasil

”Remo, Remo, aqui é Pico da Neblina, na escuta?” São 16h de sábado. Pela primeira vez no dia é possível ver o topo das montanhas no horizonte. Foram sete horas ininterruptas de chuva e forte “aru”, nevoeiro intenso provocado pela inversão térmica colado no topo da vegetação, típico da região amazônica.
A frase é pronunciada dezenas de vezes no rádio UHF na tentativa de fazer contato com o 5° Pelotão Especial de Fronteira (PEF), do Exército Brasileiro, em Maturacá (AM). Os 13 militares do Batalhão de Infantaria de Aeronáutica Especial de Manaus (BINFAE-MN) aguardam o resgate no ponto chamado de Garimpo da Pepita, localizado no pé do Pico da Neblina. O objetivo do contato é avisar a tripulação do helicóptero de que o tempo está aberto para voo no alto do maciço. “Pico da neblina está pronto no ponto de resgate. Aqui o tempo está bom”.
Do outro lado quem responde não é Remo, mas Raul. O suspiro de alívio só ocorre quando o grupo “copia” a mensagem de Remo para Raul “aeronave vai fazer uma tentativa de resgate agora”. Em menos de 10 minutos, ouve-se o som do “buru-buru”, como o helicóptero H-60 Black Hawk é chamado pelos yanomamis. Um atrás do outro, os dez militares que aguardavam abaixados na encosta do terreno entram. Em cerca de 10 minutos de voo, a altitude de dois mil passa para 300 metros. Em linha reta apenas 36 km.
“Se não conseguíssemos realizar o resgate nesta tarde, o grupo entraria em (situação de) sobrevivência”, avalia a comandante da aeronave, Tenente Aviadora Deborah Mendonça Gonçalvez.
Os momentos de tensão fazem parte do desfecho da missão da troca da Bandeira Nacional no Pico da Neblina, o ponto mais alto do Brasil com 2.994 metros. Para que no alto do mastro de 4 metros tremule o símbolo maior da Pátria, o grupo de militares da FAB enfrentou quatro dias de caminhada na mata.
A missão é realizada pelo BINFAE-MN desde 2001, a cada dia 19 de novembro, quando é celebrado o Dia da Bandeira. Depois do Parque Nacional do Pico da Neblina ter sido demarcado como terra Yanomami, somente militares realizam expedições. “É uma oportunidade de treinar tudo. Aqui tem montanha, selva, frio, calor”, explica o Coronel de Infantaria Alexandre Okada, Comandante do Batalhão.
Continue lendo em: Montedo.com click AQUI

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Rachel de Queiroz - Consagrada Imortal Madrinha do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN)


Suboficial FN-MU (Refº) Sebastião da Cruz, Membro da Academia Santoamarense de Letras SC 
CONSAGRADA IMORTAL, MADRINHA DO CFN.

“A falange celebrada na história
Se perfila à madrinha sem igual,
Escritora consagrada e de glórias,
Desta Pátria, Acadêmica Imortal.

Nos eternos verdes mares cearenses,
Fortaleza lhe adorou com muita estima,
Dos Queiroz, dos Alencar és procedente,
Das famílias ancestrais dos Alves Lima.

Aos seis anos, muito cedo viajou
Rumo ao Rio das belezas redentoras,
Ao Nordeste e ao Norte regressou
Pra viver a sua luta de escritora.

Bem mais tarde, empurrada pelos ventos,
Pelas terras cariocas se fixou;
Nessa hora, Três Marias narra os tempos
Da infância nordestina que levou.

És da Casa de Machado de Assis,
Pioneira feminina adorada,
Nas estirpes literárias dos Brasil,
Deusa eterna e confreira venerada.

Tantas vezes, seus escritos dedicou
Aos soldados desta tropa mui amada,
Com denodo e afeição se encantou,
À epopéia das batalhas pugnadas.

Nas paradas magistrais dos Fuzileiros,
Sua farda avermelhada admirava,
Com seu traje marcial e altaneiro,
O naval gorro escocês a encantava.

Orgulhosos dessa amiga e defensora,
Os seus feitos cultivamos na memória,
Em Rachel, a ardorosa inspiradora,
Adsumus, sempre avante à vitória.

Nesses versos de Rachel, tão relevantes,
Celebremos suas letras idolatradas,
Efemérides desses bravos combatentes
Louvam em odes a Marinha adorada.

Agraciados, dedicada escritora,
És farol no céu de estrelas cintilantes,
Brilha a luz da tua saga inspiradora,
Sentinela, companheira e vigilante.”


Autoria de Sebastião da Cruz (SO-FN-MU-Refº), Academia Santoamarense de Letras. Poema publicado na Revista Marítima Brasileira, V.128, nº 04/06, abril/junho, 2008, página 146, na matéria “A Filha do Luar Cearense, Venerável Madrinha Imortal do Corpo de Fuzileiros Navais”, do Capitão-de-Mar-e-Guerra (FN) Ubiratan Barbosa Ribeiro dos Santos.